A SER DOWN                NOSSOS
                  TRABALHOS
                    PERGUNTAS
                    FREQUENTES
       Legislação  
     Textos e Artigos
     Cadastre seu Filho
     Nossos Colaboradores
     Notícias e Dicas
     Boletim Informativo
     Links Interessantes
     Contato
PROMOVER MEIOS QUE FACILITEM O DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN PARA A SUA INCLUSÃO PLENA NA SOCIEDADE
Textos e Artigos
 


Entendendo a Birra.


Autoria: Luciana de Andrade Tambascia - Pedagoga do Nute -
Data: 27/1/2006
Resuno:
Como administrar uma criança contrariada que pode fazer birra.


ENTENDENDO A BIRRA Uma criança contrariada pode fazer birra: chutar, ficar emburrada, jogar-se no chão, espernear, empacar no meio do caminho ou gritar ofensas como ?você não manda em mim!?. É assim que meninos e meninas entre 2 e 6 anos de idade às vezes reagem diante de um sentimento novo, com o qual eles não sabem lidar a frustração. É importante que diante deste comportamento se tome alguns cuidados: - Administre a birra - Não satisfaça o desejo da criança: Ceder é consolidar a birra como método válido e aceitável. - Não expresse ódio e fuja de frases de efeito negativas, como ?Não vou admitir isso?. Elas apenas aumentam a agressividade da situação. - Encoraje a criança a falar como está se sentindo, para que ela tente transformar as emoções em palavras, nomeando sentimentos. - Adote também expressões de constatação, como ? Sei que você está bravo?. Assim a criança pode se sentir compreendida. - No momento da crise, sermões são inúteis. Deixe para conversar mais longamente depois, quando ele estiver calmo e disposto a ouvir. - No dia-a-dia, conte histórias que ilustrem o quanto é importante ser uma pessoa flexível, saber dialogar e ser capaz de abrir mão de uma vontade em favor do desejo do grupo. Luciana de Andrade Tambascia - Pedagoga do Nute - FSDOWN

 
 
Contato   Associação Baiana de Sindrome de Down © todos os direitos reservados