A SER DOWN                NOSSOS
                  TRABALHOS
                    PERGUNTAS
                    FREQUENTES
       Legislação  
     Textos e Artigos
     Cadastre seu Filho
     Nossos Colaboradores
     Notícias e Dicas
     Boletim Informativo
     Links Interessantes
     Contato
PROMOVER MEIOS QUE FACILITEM O DESENVOLVIMENTO DAS PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN PARA A SUA INCLUSÃO PLENA NA SOCIEDADE
Notícias e Dicas
 


[02/07/2006] NOVELA DA GLOBO -

síndrome de Down - Novela das 8

Fonte: FBSD - Folha de São Paulo


"TRATAMENTO DE CHOQUE" FOLHA DE SÃO PAULO - Ilustrada - Domingo, 02/07/06 - E1 Marcelo Bartolomei (Colaboração com a Folha do Rio) O que começa com um bate-papo sobre o clima do café da manhã, um comentário sobre um livro ou uma conversa fiada no elevador parece uma simples visão do dia-a-dia em "Páginas da Vida", nova novela das oito da Globo, que estreia dia 10. Não para o autor Manoel Carlos, 73, que escreve cenas para ilustrar a vida de mais de 80 personagens, alguns envolvidos em tramas polêmicas. A idéia é fazer com que o público, primeiramente se indentifique com os personagens, para depois soltar uma "bomba" sobre aquelas vidas aparentemente felizes. Chocar para conscientizar, diz o autor. A novela baterá forte no preconceito a portadores de deficiência, desta vez uma criança com SINDROME DE DOWN que será rejeitada pela família, e um SOROPOSITIVO que será expulso de um hospital CATÓLICO. Reclamações já surgiram... À FOLHA, Manoel Carlos fala da VIOLÊNCIA no RIO, cidade que adorou desde 1971, e comenta a necessidade de provocar. (publicamos parte da reportagem que trata das pessoas com Síndrome de Down) Folha - Quais temas o sr. prevê que vão incomodar mais? Carlos - A polêmica que acho que mais vai mexer com o espectador será positiva, que é sobre a SINDROME DE DOWN. Minha intenção é mostrar tudo o que cerca as crianças portadoras , como a inclusão e a exclusão. Isso vai gerar muita polêmica porque há dois grupos fortes e atuantes no país. Não tenho partido. Conversando com as pessoas que têm o problema - e nunca imaginei que fôssem tantas -, vi que será uma discussão benéfica. Há famílias que tiram as crianças da sala quando chega uma visita. O número de casamentos que se desfaz é muito grande. O homem, normalmente, não aguenta a barra, se isola e fica infeliz. Na escola, é um problema igualmente grave. Se você coloca uma criança com Síndrome de Down numa escola normal, todas as crianças a recebem bem, mais os pais reclamam. Com toda sinceridade, não sei o faria se tivesse um filho especial. É PRECISO CHOCAR , SENÃO NÃO FUNCIONA. Os portadores são invisíveis e preservados. ... Folha - Há alguma preocupação com o período eleitoral? Carlos - Não chega a ser um problema, não pela audiência. Não vou tocar em assuntos que possam ser aproveitados eleitoralmente. Quando falei da bala perdida, todo mundo se incomodou. Não posso favorecer nem desfavorecer." O AUTOR EM BUSCA DA POLÊMICA 2 -´Síndrome de Down - Nanda (personagem de Fernanda Vasconcelos) dá a luz gêmeos, mas a menina (Joana Mokarzel, 6 anos) tem síndrome de Down. A estudante morre no parto e a avó, a preconceituosa Marta (Lilia Cabral) , fica apenas com o menino. Quem cuida da menina é Helena (Regina Duarte). Durante a novela ela defenderá a inclusão de portadores de deficiência em escolas tradicionais, sem necessidade de atendimento especial.

 
 
Contato   Associação Baiana de Sindrome de Down © todos os direitos reservados